O Processo da Tomada de Decisões na Política Externa

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

 

A evolução do ambiente político internacional e doméstico - A política exterior realiza-se e aplica-se dentro de um contexto político internacional e doméstico, que deve ser entendido por um Estado para determinar a melhor opção da política externa. Por exemplo, um estado pode necessitar responder a uma crise internacional.

 



O processo implica as seguintes fases:


A evolução do ambiente político internacional e doméstico - A política exterior realiza-se e aplica-se dentro de um contexto político internacional e doméstico, que deve ser entendido por um Estado para determinar a melhor opção da política externa. Por exemplo, um estado pode necessitar responder a uma crise internacional.


Configuração das metas - Um Estado tem múltiplas metas em política externa. Um Estado deve determinar que metas são afectadas pelo ambiente político internacional e doméstico num dado momento. E temos que ter atenção pois as metas da política externa podem opor-se entre si, o que obriga o Estado a priorizar.

A determinação das opções políticas - Um Estado deve então determinar que opções políticas estão disponíveis para encontrar a meta(ou o conjunto de metas)á luz do de um dado ambiente político. Implica também a avaliação da capacidade do Estado para aplicar as diferentes opções políticas e uma avaliação das consequências de cada opção política.

Acção Formal de Tomada de Decisões - Uma decisão formal de política exterior se tomará em algum nível dentro de um governo. As decisões da política exterior são tomadas geralmente pelo ministério executivo do governo. Os actores ou instituições governamentais mais comuns na tomada de decisões em política externa incluem: o Chefe-de-Estado(Por exemplo um Presidente ou Rei) ou Chefe-de-Governo(Primeiro-Ministro), o gabinete, ou o ministro.

A aplicação ou implementação da opção política escolhida - Uma vez que se tenha escolhido uma opção política exterior, e se tenha tomado uma decisão formal, então, deve-se aplicar. A política exterior é quase sempre realizada e levada a cabo por departamentos especializados em política externa da burocracia estatal, tal como um Ministério dos Assuntos Exteriores(Europa) ou um Departamento de Estado(Estados Unidos). Outros departamentos podem ter também um papel na aplicação da política externa, tal como os departamentos para: o comércio e defesa.

Algumas notas sobre a Análise da Política Externa.

Modelo de Actor Racional

O modelo do actor racional baseia-se na teoria da eleição racional. O modelo considera o Estado como a unidade primária da análise, e as relações inter-estatais(ou relações internacionais) como o contexto para a sua análise. O Estado é apresentado como um actor unitário monolítico, capaz de tomar decisões racionais para posicionar-se preferencialmente e maximar o seu valor.


Segundo o modelo do actor racional, o processo de tomar uma decisão racional é utilizada por um Estado. Este processo inclui:

A configuração das metas e sua valorização
A consideração das opções
A avaliação das suas consequências
A maximação do valor

{jcomments on}

As Nossas Publicações

  

   

 

  

    

  

  

 

 

  

      

 

 

login | registo