Samsung deve fabricar o próximo chip de alto desempenho da Qualcomm

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Se você planeia comprar um smartphone top de linha no future, as chances são grandes de que ele seja produzido nas instalações da Samsung. Isso porque a empresa deve fechar um acordo com a Qualcomm para utilizar as suas fábricas para produzir o Snapdragon 820 (o mais potente da empresa no mercado é o 810 no momento), segundo o site Re/Code.

 

Atualmente, a Qualcomm sempre foi parceira da TSMC (Taiwan Semiconductor) para produção de seus processadores. No entanto, a empresa está planejando a migração dos processos de 20 nanômetros para 14 nm, que já são utilizados nos chips Exynos 7 Octa, produzidos pela própria Samsung e implantados no Galaxy S6. O acordo com a coreana facilitaria essa mudança.

Com isso, o braço de fabricação de chips da Samsung praticamente monopolizaria o mercado de tops de linha. Seus smartphones usam seu processador próprio; espera-se que o processador A9, a nova geração da Apple, também seja fabricado por lá. Conquistando a Qualcomm, não sobra praticamente nenhum nome de impacto que não seja parceira da Samsung. A exceção seria a MediaTek, que ainda não tem o mesmo peso das demais.

Também é interessante a aproximação entre Qualcomm e Samsung depois de todo o imbróglio entre as duas companhias recentemente.  Esperava-se que o Galaxy S6 fosse um dos aparelhos a usar o Snapdragon 810, mas isso acabou não se concretizando; segundo a Samsung, o chip superaquecia e foi substituído pelo Exynos.

E, de fato, quem adotou o Snapdragon 810 acabou tendo problemas. O chip aquece com facilidade, fazendo com que as fabricantes de smartphones apostassem em clocks menores que o padrão, limitando o poder do chip. Enquanto isso, o processador da Samsung não sofre com o mesmo problema, o que explicaria o fato de a Qualcomm recorrer à coreana para a tarefa de produzir seu próximo chip.

As Nossas Publicações

  

   

 

  

    

  

  

 

 

  

      

 

 

login | registo