ptenfrdeitrues

          Outras Línguas

English Français 中文

quinta, abril 02, 2020

Por U.S. DEPARTMENT OF DEFENSE / THE NEW YORK TIMES

A verdade está lá fora ... mas põe em causa a segurança nacional, dizem autoridade norte-americanas.

A primeira aterragem icónica na Lua pela NASA pode ter ocorrido há mais de 50 anos, mas a conquista incrível ainda está causando polémica.

Estamos perto de encontrar vida no espaço exterior. A opinião é de cientistas da agência espacial americana Nasa. Eles acham que a grande descoberta pode acontecer ainda este ano. Ou no máximo antes do final da década. Ellen Stefan disse acreditar que teremos fortes indicações neste campo nos próximos anos. Thomas Zurbuchen concorda com ela e diz que com tantas pesquisas nesta área estamos à beira de uma “descoberta profunda”.

Uma fonte de rádio misteriosa localizada numa galáxia a 500 milhões de anos-luz da Terra está a pulsar num ciclo contínuo de 16 dias, como um relógio.

A possibilidade de vida inteligente fora da Terra é algo que fascina inúmeros pesquisadores , e qualquer artefacto que possa “comprovar” alguma tentativa de comunicação com seres do espaço gera enorme burburinho na mídia – principalmente se ele permanecer como um mistério.

Os legisladores querem saber: a verdade está lá fora?

Em 2004, dois pilotos da Marinha perto de San Diego encontraram o que disseram ser uma aeronave estranha: de cor “esbranquiçada”, de formato oval e capaz de acelerar “como nada que eu já vi”, um dos pilotos contou mais tarde ao New York Times.

Numa declaração sem precedentes e que alguns consideram “bombástica”, o Departamento de Defesa dos EUA admitiu que investiga OVNIs (Objectos Voadores Não Identificados). Uma posição oficial que reforça a importância militar de estudar este tipo de fenómenos.

É possível uma habitante do Antigo Egipto reencarnar na era moderna, recordando sua vida passada?

Talvez sim, porque, de outra forma, explicar a história documentada de Dorothy Eady se torna um desafio dificilmente superável... Nascida na Inglaterra, em 1904, Dorothy Eady tinha apenas 3 anos de idade quando, acidentalmente, caiu pelas escadas de sua casa. 

É a segunda vez que são detectados impulsos rápidos e brilhantes vindos de fora da Via Láctea, de uma galáxia a 1,5 mil milhões de anos-luz.

Há evidências de que a União Soviética, que há muito desapareceu, se intrometeu em outras questões também, especificamente para causar problemas aos Estados Unidos. Um dos exemplos mais perturbadores disso é como os soviéticos tentaram convencer o mundo de que os Estados Unidos criaram o vírus da SIDA (HIV). É claro que tal coisa não faz sentido, mas não impediu que os russos tentassem transformar uma história falsa e criada em realidade. A história é contada num documento do Departamento de Estado dos EUA intitulado “Aids como uma arma biológica”. A nota DoS:

Pág. 1 de 2

Parceiros Educacionais

National Geographic   Discovery Channel      

Parceiros Tecnológicos de Referência


Teksmartit     IB6   

Usamos cookies para melhorar nosso site e sua experiência ao usá-lo. Os cookies utilizados para o funcionamento essencial deste site já foram definidos. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information